Resumão

O Cruzeiro tinha o jogo controlado e era mais presente no ataque. Porém não conseguia ultrapassar a linha defensiva do Confiança, que estava bem postada. O Dragão soube jogar no contra-ataque e assim ocasionou as expulsões de Adriano e Fábio ainda no primeiro tempo. Neto Berola marcou de pênalti ainda no primeiro tempo. O Cruzeiro voltou bem melhor, empatou a partida com Bassoli e pressionou bastante a equipe sergipana. Entretanto, a inferioridade numérica pesou e o ritmo da Raposa caiu. O Confiança se aproveitou e conseguir desempatar com Cristiano. Daniel Penha ainda fez o terceiro e fechou a conta. Confiança 3 a 1 sobre o Cruzeiro, na Arena Batistão.

Primeiro tempo

O Cruzeiro começou melhor no jogo, com mais posse de bola e presença no campo de ataque. A Raposa teve a melhor chance aos 11 minutos com Matheus Barbosa. Sozinho, ele tentou de voleio e mandou por cima do gol. O Confiança mantinha uma marcação bem postada e dificultava bastante a infiltração do Cruzeiro, que tentava muitos cruzamentos. A velocidade no ataque foi uma boa aposta do técnico azulino. Aos 31, Willians Santana lançou Neto Berola em velocidade e o atacante foi derrubado por Fábio dentro da área e o pênalti foi marcado. Neto Berola cobrou bem e abriu o placar para o Dragão. Com o gol sofrido, o Cruzeiro seguia apertando no ataque, buscando cruzamentos, mas sem ninguém para finalizar. A dupla Sallinas e Bareiro conseguia tirando todas por cima. O Cruzeiro ainda perdeu o volante Adriano e o goleiro Fábio, expulsos com dois minutos de diferença, no finalzinho da primeira etapa.

  • Segundo tempo

    A volta do intervalo foi bem diferente da expectativa. O Confiança chegou assustar com uma finalização de Willians Santana, mas mesmo com dois a menos foi o Cruzeiro que atacou mais. Aos 10 minutos, Bissoli se antecipou à marcação e cabeceou firme para igualar o placar. O técnico Rodrigo Santana mexeu na equipe, porém a Raposa continuou melhor. Rômulo acertou o travessão em cobrança de falta. O Confiança passou a pressionar mais, até que aos 26 minutos, João Paulo deu uma assistência açucarada para Cristiano finalizar e recolocar o Dragão na frente. Cristiano ainda acerou um chute na trave poucos minutos depois. Com a inferioridade numérica, o Cruzeiro começou a sentir o desgaste físico e diminuiu o ritmo. Daniel Penha ainda fez o terceiro após ótimo contra-ataque. Marcelinho não teve vaidade e deu assistência para o meia azulino ampliar. Depois disso, o Cruzeiro recuou ainda mais para segurar o placar e o Confiança gastando o tempo.

    Duas expulsões

    O Cruzeiro teve dois expulsos ainda no primeiro tempo, em um intervalo de dois minutos. Primeiro, Adriano impediu um contra-ataque e levou o segundo amarelo. Depois, Fábio segurou a bola fora da área com as mãos e também foi para o chuveiro mais cedo.

    Como fica

     

    Com a vitória, o Confiança assumiu a liderança da Série B, pelo menos de forma temporária já que a rodada termina somente na segunda-feira. O Cruzeiro fica na vice-lanterna. Confira a classificação da Série B!

    Agenda

    O Confiança volta a jogar na próxima sexta-feira contra o Goiás, às 17h30, no Serrinha. Já o Cruzeiro joga somente no domingo, às 18h15, contra o CRB, no Mineirão.

     

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?