Em busca de um novo treinador (com Luxemburgo na mira), o Cruzeiro segue sem voltar a vencer na Série B do Brasileiro e tem o Z-4 vivo no cotidiano. Um novo empate, diante do Londrina, fez o técnico Mozart pedir demissão e ampliou o jejum de vitórias do clube para nove jogos. Entre as três séries nacionais (A, B e C), só a Chapecoense e o Oeste (Série C) convivem com momentos piores.

  • Notícias do Cruzeiro
  • Belletti comanda treino, e Brock fala em “abraçar novo técnico”
  • Pedido de demissão de Mozart escancara contradições no discurso do Cruzeiro

 

A última vez que o torcedor da Raposa comemorou uma vitória foi diante do Vasco, em 24 de junho, de virada por 2 a 1 contra o Vasco da Gama, no Mineirão. De lá, para cá, são nove partidas, com três derrotas e sete empates. A Chape, em 13 rodadas da Série A, não venceu (4 empates e 9 derrotas).

Na Série C, o Oeste perdeu para o Mirassol por 2×1, neste sábado, e acumula 10 compromissos de jejum (7D e 3E). Já o Santa Cruz está no mesmo patamar do Cruzeiro, com nove jogos sem vitórias, igualmente contabilizando 3 empates e 6 derrotas. Os pernambucanos só jogam no domingo, diante do Manaus, em casa. A terceira divisão tem a 10ª rodada acontecendo neste fim de semana.

Na lanterna da segunda divisão, o Confiança vem logo atrás, com oito jogos longe dos triunfos – 3 empates e 5 derrotas. O time de Sergipe também tirou Rodrigo Santana do comando.

Na lanterna da segunda divisão, o Confiança vem logo atrás, com oito jogos longe dos triunfos – 3 empates e 5 derrotas. O time de Sergipe também tirou Rodrigo Santana do comando.

A Série D tem oito rodadas disputadas, e o Patrocinense, por exemplo, ainda não venceu – Jaraguá, Rio Branco e São Bento estão na mesma situação. Alguns clubes já fizeram nove jogos, porém, nenhum deles está sem vencer ao menos uma partida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?